smartphone_patent_wars

Identificar um troll de patentes costumava ser fácil. Eles foram os únicos que vendiam ações judiciais, e não produtos. Empresas como a Intellectual Ventures ganharam o título de “troll de patentes” dos críticos quando eles foram além da compra e licenciamento de patentes a empresas e passaram a processar gigantes como Dell e Hewlett-Packard sobre as alegadas violações.

Isto é, foi assim até que a indústria passou a adotar o comportamento dos trolls de patentes, buscando processos de propriedade intelectual e licenciamento para incrementar as receitas (entenda: lucro). A Microsoft é talvez o mais famoso desses agressores das patentes, mas em grande parte a firma de  Redmond aprendeu seu ofício aos com a IBM. Agora o problema das patentes é tão generalizado que mesmo as empresas como Apple e Amazon estão começando a se parecer como trolls.

Quando será o fim loucura?

Parece que não tão cedo, ainda mais se o pântano que é o mercado móvel for o indicativo. Como o mundo está mudando do PCs para os smartphones e tablets (aliás você realmente acredita na era pós-PC?), os riscos são enormes. O que vem acontecendo é um volume sem precedentes de ações judiciais, como representado aqui neste gráfico da Forbes:

smartphone_patent_wars

As “deformações” no mercado são enormes! Apesar de ser a fabricante do Windows que equipa os celulares da sua empresa “títere”, a Nokia, a Microsoft hoje ganha mais dinheiro com o Android do que com o Windows Phone 7. Através de licenciamentos com alguns dos fabricantes asiáticos a turma do Steve Balmer esta enchendo os bolsos. Parece que Motorola está na mira!

E hoje o julgamento do processo da Apple contra a Samsung (indiretamente Apple x Google, iOS x Android) entrou na fase em que os jurados vão deliberar. Passadas quatro semanas de retórica de acusação (Apple) e defesa (Samsung) a hora da verdade se aproxima, e veremos quem vai triunfar. A própria juíza do caso pediu, mais de uma vez, que os adversários buscassem o diálogo mas o que prevaleceu foi o confronto.

E você sabe quem realmente perde com isso tudo? Você acertou, nós os consumidores. Já que as empresas tem que aumentar o preço dos seus produtos, seja para pagar os royaltes já acertados seja para fazer um caixa para se precaver de futuros processos. A verdade é que do jeito que está o atual sistema de patentes deixou de ser um incentivo a inovação e passou a ser um sistema viciado onde só os advogados é que estão ganhando muito dinheiro, independente de quem ganhe a causa.

Por exemplo, o boato é que a Apple gastou US$ 100 milhões de dólares no processo contra a HTC. E não recebeu (ganhou) quase nada em troca, já que o objetivo era banir os aparelhos da concorrência, proibir sua venda em alguns mercados consumidores. Já pensaram que inovações maravilhosas poderiam vir no próximo iPhone se CEM MILHÕES DE VERDINHAS fossem investidas a mais em pesquisa e desenvolvimento?

E qual é a sua opinião sobre isso? Entre na discussão e deixe o seu recado!

Com informações The Register

1 Comentário

Deixe uma resposta