A Gradiente não quer mais ser conhecida pela briga com a Apple, ela parecer que está interessada em lançar produtos bons e nacionais. A NVIDIA anunciou hoje, em parceria com a Gradiente, um tablet com o novo processador Tegra 4 de 4 núcleos. Segundo a NVIDIA, o Tegra Note TB 750 é o tablet mais rápido do mundo. Mas o melhor de tudo é mesmo o seu preço: 999 Reais. Bem abaixo de qualquer concorrente com as configurações dele, se é que tem algum sendo vendido no Brasil.

image

O Tablet, que pelo que entendi foi desenvolvido pela Nvidia sendo a Gradiente a OEM escolhida, combina diversas inovações tecnológicas, como a alta performance proporcionada pelo processador  NVIDIA Tegra 4 que chega a superar o Snapdragon 800 em algumas tarefas como jogos. Ele também conta com a tecnologia stylus, som frontal claro e profundo, qualidade gráfica e bateria com autonomia de até 10 horas, o Gradiente Tegra Note chega para oferecer uma nítida experiência superior em um tablet mais completo, a um preço competitivo: R$ 999,00. Ele parece ser um verdadeiro Nexus 7 killer.

O chipset de quatro núcleos da Nvidia tem bons números, sendo baseado na arquitetura ARM e contando com CPU Cortex-A15 de clock máximo 1,8 GHz. No conjunto, está ainda uma GPU Nvidia de 72 núcleos, que devem garantir um bom desempenho gráfico ao aparelho. O único ponto fraco fica por conta da memória RAM de 1GB. Ele também conta com uma porta HDMI para ser conectado diretamente em uma TV.

Fora o processador, o modelo da Gradiente contará com a mesma quantidade de RAM anunciada no conceito da Nvidia (1 GB), com uma tela de resolução igual (1.280 x 800 pixels) e com 16 GB de capacidade de armazenamento, expansível por microSD. A câmera traseira será de 5 megapixels, tirando fotos em HDR, e a frontal terá qualidade VGA.

A tecnologia Stylus veio para bater de frente com a linha Note da Samsung, pois permite o controle preciso da escrita em ponta grossa ou fina, aliada a um conjunto de aplicativos para facilitar esta experiência. Ele vem com uma canetinha para ser usada aliada a tecnologia. Vale salientar que ele vem com um Android puro, licenciado pelo Google.

Além disso, o Tegra Note tras algumas características indicadas pela Nvidia no release abaixo:

Para atender ao consumidor que exige alta performance em todos os recursos disponíveis em um tablet, o Gradiente Tegra Note, com sistema operacional Android puro e licenciado pela Google, reúne características exclusivas:

·         Performance de alta velocidade proporcionada pelo processador mobile NVIDIA® Tegra® 4 com  GPU GeForce de 72 “core” e CPU ARM Cortex-A15 quad-core, transformando o Gradiente  Tegra Note no tablet  de 7″ mais rápido do mundo.

·         Tecnologia NVIDIA DirectStylus que possibilita o uso de caneta Stylus, que acompanha o produto, e permite o controle preciso da escrita em ponta grossa ou fina, aliada a um conjunto de aplicativos para facilitar esta experiência.

·         NVIDIA PureAudio que oferece a mais ampla faixa de frequência de áudio em um tablet, através de alto-falantes estéreos frontais e saída exclusiva dedicada aos sons graves.

·         Câmera HDR combinando o poder de processamento do Tegra 4 e a arquitetura computacional de fotografia  NVIDIA Chimera® para oferecer recursos  inéditos como o “Clique-para-seguir”, para manter em foco qualquer objeto em movimento, e a captura de vídeo 100 fps (frames por segundo) em câmera lenta.

·         NVIDIA TegraZone que garante acesso fácil aos melhores jogos para Android otimizados para o processador Tegra, com efeitos visuais que não estão disponíveis em outros tablets.

·         Bateria com maior duração: autonomia de até 10 horas de vídeo HD.

“Encontramos na Gradiente uma empresa sinônimo de produtos de alta tecnologia, sendo o parceiro ideal para disponibilizar aos brasileiros um produto que irá revolucionar o mercado de tablets”, analisa Richard Cameron, diretor geral da NVIDIA no Brasil.

“Não tenho dúvidas de que o Gradiente Tegra Note, o mais veloz do mundo em sua categoria e com navegação na internet 50% mais rápida que seu principal concorrente, será um fenômeno em vendas por aqui”, prevê o executivo.

“O Gradiente Tegra Note se encaixa perfeitamente à nova estratégia da Gradiente de produzir produtos diferenciados tecnologicamente, de alta performance e superiores à concorrência. Com este lançamento, a Gradiente visa atender ao consumidor brasileiro com um produto completo, que atenda às mais variadas necessidades de uso, com design elegante e preço competitivo”, diz Eugênio Staub, presidente do Conselho da empresa.

O tablet inclui ainda recursos que facilitam atividades profissionais e corporativas, como edição de PDFs, seleção com laço para edição e captura de imagens em qualquer aplicativo, e atualização do Android OTA (Over the Air) diretamente da NVIDIA, garantindo sempre a versão mais atualizada do software com melhoria constante de performance e novos recursos.

O Gradiente Tegra Note TB 750 também foi concebido para agradar aos mais exigentes “gamers”. Além da capacidade gráfica superior e dos jogos exclusivos oferecidos pelo Tegra Zone, o tablet ainda dispõe de saída HDMI e conexão por Bluetooth, permitindo transformá-lo em um console.

O Gradiente Tegra Note TB750 será apresentado ao mercado durante a Brasil Game Show, de 25 à 29 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo. No próprio stand, além da experimentação do produto, os consumidores poderão adquirir o novo tablet em condições especiais de pré-venda.

Para aqueles que não tiverem oportunidade de visitar a feira, o Gradiente Tegra Note estará disponível para pré-venda também no site www.gradiente.com, e na loja física da marca no Shopping Eldorado, em São Paulo, à partir de 28 de outubro.

Minha opinião? acho que a Nvidia e Gradiente acertou em cheio! Está aproveitando a lacuna que o Google deixou a não trazer até agora o Nexus 7 2013 para o Brasil. Ele nitidamente tem um hardware superior, com exceção da tela, e também roda o Android puro. Além do mais, eu duvido que a Asus / Google vai conseguir trazer o N7 2013 por esse preço. Semana que vem um amigo está para trazer um Nexus 7 para mim dos EUA, agora bateu uma dúvida forte…

4 Comentários

Deixe uma resposta