Motorola-i867-Nextel

Em empresas no Brasil é muito comum elas fornecerem um Nextel para seus funcionários, o famoso “rádio”. Se por um lado isso é bom, pelo outro usuários que gostam de smartphones acabam ficando preso ao rádio ou acabam tendo que andar com 2 aparelhos. Há algum tempo, mesmo que timidamente, a Motorola vem lançando em parceria com a Nextel alguns modelos de smartphones rodando Android e que também são rádios. Na semana passada a Motorola anunciou mais um: o Motorola i867.

Obviamente os rádios com Android tem hardwares bem limitados, esse no caso possui uma pequena tela de 3,1″, conexões Wi-Fi e Bluetooth, cartão de 2 GB incluído e câmera modesta de 3 MP. Até ai tudo bem, já que existem vários outros aparelhos modestos no mercado, porém o que mais chama a atenção nesse aparelho é que ele ainda roda o Android 2.1, com mais de 2 anos no mercado. E quem pensa em comprar e atualizar depois, esquece já que os modelos da Nextel com Android anteriores não foram atualizados. Um exemplo foi o Motorola i1.

Motorola-i867-Nextel

Leia também | Review do Motorola i1 com Android e rádio Nextel

Mas como disse lá no começo do post, as vezes o Nextel é uma necessidade. Quem se interessou pelo Motorola i867, ele custa R$ 899 nas lojas de venda da Nextel ou R$ 499 juntamente com um pacote de dados.

Alguém aí usa Nextel com plano de dados? como está o serviço? pergunto isso já que as reclamações do serviço de dados da Nextel vem recebendo muitas críticas por parte dos usuários. Isso é muito relevante para o usuário interessado em adquirir um Android da empresa.

7 Comentários

  1. O serviço de dados da Nextel deixa muuuuiiitoooo a desejar… Lento demais! Eu praticamente só uso internet no meu motorola Titanium com wi-fi. Precisa melhorar bastante!

  2. Todos smartphones da Motorola que funcionam com a tecnologia iden da operadora Nextel deixam muito a desejar, tanto em resposta de e-mail como a internet o único que ainda consegue sobreviver com esta tecnologia é o Blackberry 8350i que mesmo antigo ainda cumpre o que promete.

Deixe uma resposta