Desde o anúncio da compra da Motorola pela Lenovo, muitos querem saber qual será o futuro da empresa. A Motorola aproveitou uma conferência realizada ontem (25) a noite para falar sobre seus planos futuros. Estavam presentes os executivos Mark Randall, vice-presidente sênior da Cadeia de Suprimentos e Operações, Steve Horowitz, vice-presidente sênior de engenharia de software e Rick Osterloh, vice presidente sênior de Gestão de Produtos. A conversa foi mediada pela analista Carolina Milanese, da Kantar Worldwide.

Carolina Milanese, Steve Horowitz, Mark Randall e Rick Osterloh
Carolina Milanese, Steve Horowitz, Mark Randall e Rick Osterloh

Sobre os futuros planos, Rick Osterloh disse “Estamos pensando além dos sensores (o Moto X veio cheio deles), coisas relacionadas a Bluetooth Low Energy, baixo consumo, e estamos também trabalhando em um dispositivo vestível (wearable)”.

Para concluir, deixando um mistério no ar, ele disse “São dois aparelhos, um relógio e um outro. Queremos resolver os problemas do consumidor, um deles é que não existem wearables que você queira usar hoje porque são feios. Estamos pensando em algo mais parecido com uma jóia ou um acessório de moda. Vocês verão isso em alguns meses”.

Os executivos ainda aproveitaram para anunciar que o lançamento do sucessor do Moto X, possível Moto X 2, será no 3º trimestre. Além disso deixaram bem claro que a Lenovo vai continuar com toda a linha atual da Motorola por pelo menos um ano.

Sem comentários

Deixe uma resposta