A Motorola anunciou hoje no Brasil em um evento em São Paulo, seu mais novo smartphone topo de linha: o Moto Maxx. Ele é a versão global do Droid Turbo, lançado há poucos dias no EUA. Se trata realmente de um supersmartphone e veio para ser o mais poderoso da atualidade junto com o Nexus 6, que aliás compartilham praticamente o mesmo hardware já que o Nexus é feito também pela Motorola. Ele marca a volta da Motorola ao mercado heigh-end, já que no último ano se concentrou nos Moto X, Moto G e Moto E. O Moto Maxx surpreende justamente pelo seu super hardware e por sua bateria de longa duração, marca registrada da linha Maxx. A Motorola garante 40 horas de uso sem ver um carregador, e quando a mesma acabar ele carrega em apenas 15 minutos com o novo carregador Turbo Motorola, ganhando cerca de mais 6 horas de uso. Para o carregamento total, ele leva cerca de 4 horas.

MOto Maxx

O lançamento contou com a presença de Rick Esterloh, presidente da Motorola Mobility, que veio especialmente ao Brasil para o lançamento do Moto Maxx.Ele enfatizou que com a compra da Motorola por parte da Lenovo, a empresa vem a ser a terceira maior produtora de smartphones do mundo, atrás de Samsung e Apple. Elas se completam, já que na Ásia a Lenovo domina e a Motorola não tem participação, por outro lado, nas américas a Motorola é forte e a Lenovo terá chance se crescer desse lado do mundo. Ele também citou que o Moto Maxx é uma alternativa a atual linha da Motorola, sendo um smartphone de alto desempenho (e preço também).

Design do Moto Maxx

O Moto Maxx, é a junção da atual linha Moto com a antiga linha Razr. Tanto que no visual ele lembra muito o Razr Maxx lançado cerca de 2 anos atrás. Uma das mudanças foi tirar os botões virtuais da atual linha Moto e colocar eles separados da tela, ganhando assim mais aproveitamento da tela. O próprio desenho quadradão dele, também remete aos modelos antigos já que os atuais são mais arredondados. No Brasil infelizmente só teremos a versão preta, já nos EUA o Droid Ultra possui uma versão vermelha (cor da operadora Verizon).

Na parte traseira ele traz o visual do Moto X e Moto G, onde ele tem formato de concha, sendo mais fino nas pontas ao passo que vai engrossando ao chegar no meio do aparelho.

moto maxx traseira

Além disso, ele também traz outra interessante característica da linha RAZR que o uso do Kevlar, um material de alta resistência. Ele tem a traseira construída à base de nylon balístico, utilizado em malas e mochilas premium, além disso ele conta ainda com um camada de reforço de fibra de kevlar, material usado na confecção de coletes a prova de bala. Ele é bem resistente graças a essa combinação de material única.

moto maxx placa lógica
Placa lógica é revestida com material isolante de água

Além de evitar estragos físicos, os materiais usados também tornam o Moto Maxx resistente a respingos de água e e deve lidar muito bem com até 20 minutos de chuva. Notem que ele não é a prova de água como a linha Xperia Z e também não nem resistente a água como o Galaxy S5, apenas a respingos.

Hardware com armazenamento de sobra

Na parte de hardware ele trás o que há de mais novo atualmente. Vejam abaixo um resumo de suas especificações técnicas:

  • Processador Qalcomm Snapdragon 805, 2,7GHz
  • GPU Adreno 420
  • 3GB de RAM
  • Memória interna de64 GB (não expansível por cartão SD)
  • Tela de 5,2 polegadas com resolução Quad HD de 2.560 x 1.440 pxs e 565 de densidade
  • Bateria de 3.900 mAh
  • Câmera de 21 MP, flash duplo de LED e câmera frontal de 2 MP
  • Conexão 4G
  • Dimensões: 143,5 x 73,3 x 11,2 mm e 169 gramas de peso.

Leiam aqui as especificações técnicas completas do Moto Maxx

Como notaram, ele compartilha muitas partes de hardware que a Motorola também colocou no Nexus 6, mas com o acréscimo de memória interna, onde pode chegar a incríveis 64GB, até hoje só o iPhone e o Lumia 1020 tinham essa capacidade.

moto maxx armazenamento

Bateria de longa duração

Outra melhoria é sua bateria enorme de 3900 mAh, onde a Motorola promete 2 dias sem carga, além disso ele vem com o Motorola Turbo Charger, onde essa bateria é carregada em apenas 15 minutos na tomada. Para completar, ele também é compatível com carregamento sem fio.

Câmera

Moto maxx camera

A Motorola, que não é muito famosa com suas câmeras nem mesmo no novo Moto X, colocou uma câmera que, teoricamente, é bem mais potente. Além disso, agora ela também grava vídeos em 4K com 24fps ou full HD com 60fps. A câmera conta com um sensor de 21 Megapixels e dual LED como flash, porém, infelizmente, não tem o mesmo visual redondo em volta da câmera como o novo Moto X, é apenas um do lado do outro. A abertura é de f/2.0 e deve ajudar bastante na hora de tirar fotos. Abaixo algumas fotos tiradas por ele (tiradas pelo tecnoblog)

1 2

Software

Ele roda o Android 4.4.2 e tem a mesma versão quase sem customização usada na atual linha Moto, isso na prática significa que muito em breve ele também vai receber o Android Lollipop como atualização.

A Motorola confirmou também que ele virá com os recursos e aplicativos exclusivos da empresa que equipam o Moto X, como o Moto Voice, Moto Actions e as notificações inteligentes – além, é claro, do Moto Assist.

Vìdeo Hands on do Moto Maxx

Preço e disponibilidade

O Moto Maxx começa a ser vendido hoje em todas as lojas on-lines e operadoras. O preço? 2199 Reais. Obviamente esse preço deve baixar um pouco em pagamentos a vista através de descontos dados pelas lojas online. Pode parecer um pouco salgado, mas por tudo que ele oferece, ele chega mais barato que seus concorrentes diretos como o Xperia Z3 e o Galaxy S5.

3 Comentários

  1. MEU LUMIA 1020 COMPRADO NA VIVO TEM 64GB DE MEMORIA INTERNA, ENTÃO ELE NÃO TEM NENHUMA MEMÓRIA INÉDITA. AGORA DE RESTO ELE É FANTÁSTICO.

      • Só que o lumia 1020 roda wp8.1 e isso é muito preocupante, agora, em comum só a memória,, pois o resto ele não tem: claro, tem uma excelente câmera o que não é o bastante para considerar o conjunto de funções dos aparelhos, a motorola ganha de longe, pelo Os e pelo conjunto das mesmas.

Deixe uma resposta