O maior defeito do Moto G – primeira versão – é o pouco espaço de armazenamento. Mesmo a versão de 16 GB seria bem melhor se tivesse expansão para cartões micro SD, já o de 8GB é muito limitado. Alguns meses atrás atá surgiu um boato que o Moto G usava um cartão SD como memória interna e depois foi desmentido. Isso deu asas para a imaginação dos que gostam de modificar hardware de equipamentos, já que teoricamente teria como soldar um cartão maior na placa. A história não é bem essa, mas um usuário do fórum XDA conseguiu a façanha de soldar diretamente na placa um cartão SD e acreditem: funcionou. Agora é possível expandir a memória do Moto G, desde que você tenha coragem e sangue frio.

O procedimento foi feito com o aparelho XT1032, de 16 GB de armazenamento interno. Essa versão possui somente um SIM Card, já que o espaço ausente que seria do segundo SIM Card é justamente o local onde foi efetuado todo o procedimento. Foram utilizados um cartão de memória Micro SD, um pequeno leitor de cartão (aqueles que normalmente são usados como chaveiros) e um slor de micro SD retirado de um telefone antigo.

Lá no site do XDA explica tudinho com fotos, vale a pena dar uma olhada. Abaixo algumas fotos e o resultado final:









image-2

1 Comentário

Deixe uma resposta