Nokia X2

Continuando a sua ventura por mares inimigos, a Microsoft anunciou hoje o novo Nokia X2, aparelho que traz o sistema Android – complemente modificado – como sistema operacional. Se trata de um Android com várias características do Windows Phone embutida, inclusive o visual com tiles. O smartphone foi melhorado em relação à linha Nokia X anterior. Mas a ideia continua exatamente a mesma: oferecer um aparelho barato, durável e com design diferenciado, com a “vantagem” de poder rodar os apps populares do Android. Ele chega custando US$ 135 (aproximadamente R$ 300) e chega em Julho, embora não falado diretamente, essa data deve ser praticada no mundo todo, inclusive no Brasil.

Abaixo algumas de suas especificações técnicas:

  • Tela: LCD ClearBack de 4,3″ (800×480 pixels)
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 200 dual-core de 1,2 GHz
  • Memória RAM: 1 GB
  • Armazenamento interno: 4 GB (com suporte a micro SD de 32 GB e 7 GB gratuitos na nuvem)
  • Câmera traseira: 5 MP com flash e autofoco
  • Medidas: 12,1 x 6,83 x 1,11 cm
  • Peso: 150 g
  • Conectividade: 2G, 3G, Bluetooth 4.0, USB 2.0, WiFi, Dual-SIM
  • Bateria: 1.800 mAh

De mudanças, podemos destacar a evolução do processador, que é uma geração mais nova, o dobro de memória RAM do anterior que tinha apenas 512 MB e a adição de um botão Home no menu, já que antes somente existia o de voltar. No design, embora seja bem parecido com a anterior, o Nokia X2 tem uma camada mais superficial que agora é translúcida, trazendo um brilho adicional ao gadget (e muitas impressões digitais junto). O aparelho será disponibilizado nas cores verde, laranja, branca e preta.

A tela inicial tem um visual bem parecido com o do Windows Phone e pode ser bastante personalizada. O recurso de interface Fastlane, que é trazido da família Asha de smartphones, permite um acesso rápido a aplicativos abertos recentemente e a serviços que funcionem em multitarefa.

Porém, como estamos falando de um aparelho de entrada, ele continua com alguns pontos negativos como a pouca memória de armazenamento aliada a ausência de possibilidade de expansão através de cartão SD. Sendo a Nokia sempre referência em termos de câmera, poderia ter uma um pouco melhor além de uma câmera frontal, dada a popularidade de fazer selfies hoje em dia.

A mesma politica de Apps

O grande argumento da Microsoft é que o aparelho traz apps do Android com um toque da empresa de Bill Gates. Não é a Google Play que está presente, mas uma mistura da Nokia Store com serviços como 1Mobile Market, Aptoide, SlideME, Mobango e Yandex.

Como o primeiro sequer chegou ao Brasil, não tivemos a oportunidade de testá-lo. Tomara que essa segunda geração chegue, e barata obviamente.

Sem comentários

Deixe uma resposta