Como escrevi no post O futuro da Nokia: Maemo vs Symbian, a distribuição Linux usada nos Internets tablets da Nokia têm tudo para serem superiores ao Symbian, (na minha opinião se tratando de funções de PDA já é) porém essa semana foi anunciado que a Nokia está preparando uma versão do Maemo para rodar em Smartphones, chama-se Maemo Harmattan, isso com certeza seria um grande salto da Nokia frente ao Android (também Linux).

Conheçam o Maemo, novo sistema da Nokia.

Pela screenshot abaixo dá para saber um pouco de como será esse sistema, interessante que ele está rodando vários Widgets na tela, porém estão “flutuando” na mesma, seria um efeito bem legal, mais como nem tudo são flores, ele não sai antes do final de 2010, parece estar longe, mais se analisarmos, no final de 2010 o Nokia N97 provavelmente ainda vai estar no topo, será que ele seria substituído por um aparelho com o novo sistema? é só esperarmos.

maemo screenshoot
Maemo screenshoot

Para quem não sabe, o Maemo é uma plataforma de software desenvolvida pela Nokia para smartphones e tablets. Ela é baseada na distribuição Linux Debian. A plataforma tinha a pretenção de ser a salvação da Nokia, mas infelizmente não foi isso o que aconteceu. A plataforma inclui o sistema operacional Maemo e do Maemo SDK.

Ele é baseado principalmente em software livre, e foi desenvolvido para dispositivos Maemo no Nokia, em colaboração com muitos projetos de código aberto, como o kernel do Linux, Debian e GNOME. Maemo é baseado no Debian GNU/Linux e tira muito de sua interface, frameworks e bibliotecas do projeto GNOME. Ele usa oMatchbox gerenciador de janelas, é baseada na GTK Hildon como sua interface gráfica e aplicação de framework.

A interface do usuário da versão 4 é semelhante a muitas interfaces de mão, e dispõe de uma “home” da tela, que funciona como um ponto central do qual todos os aplicativos e configurações são acessadas. A tela inicial é dividida em áreas para lançar aplicações, uma barra de menu, e uma grande área personalizáveis ​​que podem exibir informações tais como um leitor RSS, leitor de rádio da Internet, e caixa de busca do Google.

Já a versão 5 da UI é um pouco diferente: A barra de menus e área de informação são consolidados para o topo da tela, e os quatro desktops podem ser personalizados com os atalhos e widgets.

No Mobile World Congress, em fevereiro de 2010, foi anunciado a fusão do projeto com o Moblin para criar o MeeGo plataforma de software móvel.

Sem comentários

Deixe uma resposta