Gustavinho em o Enigma da Esfinge

Quem já passou dos 30, como eu, deve lembrar do joguinho Gustavinho e o Enigma da Esfinge. Se trata de um jogo lançado em CD-ROM nos anos 90 que contou até com a participação de Marisa Orth que aparecia em vídeos durante o jogo interpretando Cleópatra. No enredo o personagem é levado para o Antigo Egito e deve resolver uma série de quebra-cabeças para poder voltar para casa. Ele acabou de ganhar uma versão para o iPad por US$ 4, onde garante algumas horinhas de diversão.

“Gustavinho em O Enigma da Esfinge” para iPad tem o visual renovado, com gráficos em 3D, sistema de conquistas, idioma em português e dois personagens extras, o alien Inva e a menina Fefa, disponíveis para jogar após terminar a aventura pela primeira vez.

Gustavinho em o Enigma da Esfinge

O jogo traz nove fases com diversos mistérios para serem solucionados. Os comandos são simples e usa a tela sensível ao toque do iPad. Entre os desafios estão encontrar itens perdidos como o valioso “Olho de Anúbis” e puzzles que dão acesso às pirâmides, tudo permeado por enigmas e muito mistério. Além do Antigo Egito e de conhecer figuras históricas, Gustavinho viaja para a Europa e leva a criança a um mundo de descobertas.

“‘O Enigma da Esfinge’ é uma espécie de desenho animado interativo, em que a história vai se desenrolando na medida em que as crianças decifram os enigmas e desafios”, explica Ale McHaddo, fundador da produtora 44 Toons e criador do “Gustavinho em O Enigma da Esfinge” e de seu remake. Ele afirma que o jogo foi pensado e criado para estimular o raciocínio das crianças.

 

Sem comentários

Deixe uma resposta