A Intel resolveu lançar na CES 2015 sua nova linha de processadores de quinta geração para notebooks e ultrabooks. Como vem acontecendo nos últimos anos, pela falta de concorrência a altura eles apenas “deram um tapa” nos anteriores. Os novos Core i3, Core i5 e Core i7 lançados foram feitos sobre a arquitetura Broadwell, que antes só era encontrada na linha Core M.

Ao total são 17 novos chips, todos dual-core, mas a Intel disse que no segundo semestre irá lançar os Quad-cores. A lista até inclui dois Celeron e um Pentium, que são as opções mais barata e bem mais lentas. Todos contam com processo de fabricação de 14 nanômetros frente aos 22 nanômetros dos processadores Haswell da geração anterior.

Abaixo uma lista com os novos SKus.

novos chips intel

Diante de tantas variações, só mesmo através de tabelas da Intel para saber a diferença entre eles, basicamente podemos dizer que a diferença maior fica por conta da GPU que cada um usa. Os mais avançados contam com uma nova GPU, a Iris Graphics 6100 e 28 W. As demais opções têm TDP de 15W, mas GPU HD Graphics 6000, HD Graphics 5500 e, no caso dos chips mais econômicos, HD Graphics.

Como dito no começo do artigo, a Intel só deu um tapa nos chips. Isso significa que embora obviamente eles tenham ganhado mais perfomance e, principalmente, maior economia de energia, o desempenho não será algo notavelmente melhor. A explicação está na estratégia “tick-tock”, onde a Intel implementa uma tecnologia de fabricação menor (tick) e combina este processo com uma nova arquitetura somente na geração seguinte (tock).

novos chips intel die mao

Esses chips usam arquitetura Broadwell, que são menores que a arquitetura Haswell da versão anterior, por isso esses novos chips são considerados “tick”. Sabendo disso, quando a próxima geração de processadores da Intel chegar, a 6ª geração, a Intel mostrará um ganho real de perfomance nos seus chips. Os preços oficiais dos chips vão de US$ 107 a US$ 426.

 

2 Comentários

Deixe uma resposta