Próximo Dispositivo VR do Google não precisará de smartphone

Próximo Dispositivo VR do Google não precisará de smartphone

Quando o Google lançou o Pixel também lançou sua nova plataforma de VR (realidade virtual), compatível com qualquer smartphone suportado pelo app. Hoje, no Google I/O, a empresa lançou a segunda versão. E diferente do anterior, ele não vai precisar de um smartphone para funcionar.

Além da novidade, a promessa para o novo Google para seu headset VR uma experiência mais imersiva graças ao World Sense: o headset observa os objetos ao redor e os usa como “âncoras” para acompanhar o movimento do usuário. O nome disso é “rastreamento posicional”.

A Qualcomm ajudou o Google a criar um design de referência para este headset. Mas não é novidade, afinal a HTC já tem experiência no ramo com o Vive; e a Lenovo com seu próprio aparelho. Os dispositivos serão lançados no final deste ano.

google vr

No ano passado, a Intel anunciou que está desenvolvendo um headset que não precisa se conectar ao computador ou smartphone. Ele tem uma câmera para mapear ambientes e detectar objetos e também suas mãos. No entanto, trata-se aqui de realidade mista, combinando objetos virtuais e o mundo real. Essa é uma iniciativa relacionada ao Windows Mixed Reality, da Microsoft.

Além disso, fabricantes como Lenovo, Acer, Dell e HP estão criando headsets de realidade mista que fazem rastreamento de dentro para fora, sem exigir sensores externos. Esses headsets, no entanto, requerem um PC com Windows 10 para funcionarem.

Comentários

WORDPRESS: 0
DISQUS:
Google Analytics Alternative