galaxy s7 principal

A Samsung anunciou ontem em um evento em São Paulo o Galaxy S7 e o companheiro maior, e mais caro, Galaxy S7 Edge. O mais aguardados lançamentos do ano, até agora, chegam custando R$ a partir de 3.799,00 e R$ 4.199,00, Galaxy S7 e S7 Edge respectivamente. Eles começam a ser vendidos no começo de Abril e somente na versão de 32 GB. Mas a partir de hoje ele já está em pré-venda, e quem comprar agora receberá um Gear VR de “graça”. O mesmo custará cerca de R$ 800 depois do lançamento.

Sabemos que ele chegaria mais ou menos nesse preço, afinal a atual crise econômica elevando o dólar a altura, na da para esperar algo barato. Mas, colocando o preço de lado, vamos falar um pouco desse que é sem dúvidas o melhor smartphone da atualidade juntamente com o LG G5. Mas, se pararmos para pensar, ele está praticamente o mesmo preço que o iPhone 6 e mais barato que o absurdo de preço do Xperia Z5 Premium.

Galaxy S7 – Design

galaxy S7 frente
Galaxy S7, o mais potente smartphone da atualidade

Não dá para dizer que ele evolui tanto em relação ao Galaxy S6, afinal não tinha muito o que melhorar. O Galaxy S7 ganhou um corpo todo de vidro e metal. Olhando de frente ele é realmente muito bonito. Já na parte frontal, ele não mudou quase nada como já dito.

galaxy s7 traseira
Traseira do Galaxy S7 é encurvada nas laterais, assim como o Galaxy note 5

A grande mudança estética fica por conta da sua traseira, que agora é curvada seguindo o design do Galaxy Note 5. Isso garante uma melhor pegada no aparelho. Ficando mais ergonômico que o antecessor.

Galaxy S7 – Tela

A tela Super AMOLED do Galaxy S7 continua sendo, provavelmente, a melhor tela do mercado se equiparando a do Galaxy Note 5. Não é segredo para ninguém que se tratando de tela a Samsung é imbatível atualmente, que me desculpem os usuários do iPhone, mas essa é a realidade.

Assim como no Galaxy S6, o Galaxy S7 traz uma tela de 5,1 polegadas, SuperAMOLED, com resolução WQHD de 2.560 x 1.440 pixels. O aparelho apresenta uma densidade de pixels por polegada de 577 ppi. O melhor de tudo é que usar ele sobre a luz é muito bom, mesmo sobre sol forte a visualização dele é excelente, sinceramente é o melhor que já vi nesse asepcto, juntamente com o saudoso Nokia Pureview 808.

Galaxy S7 – Câmera

Sem dúvidas que estamos de frente com a melhor câmera em um smartphone atual, embora ainda não tenha testado o LG G5. A Samsung reduziu o número de megapixels no sensor da câmara principal para 12 MP, mas isso não é ruim. Isso é graças ao sensor Dual Pixel usado nele, uma tecnologia que até então só máquinas profissionais e semi profissionais tinham. No entanto, a qualidade das fotografias foi melhorada.

galaxy s7 camera

Além disso a samsung inovou e colocou um obturador com abertura de f/1,7, superando a LG. Isso significa fotos noturnas com excelente qualidade. Para provar, o famoso fotográfo J.R Duran esteve no evento de lançamento e afirmou que nunca havia testado algo assim, superando de longe as famosas câmeras point-shoots já fabricadas.

Galaxy S7 – Desempenho

Em termos de desempenho, vale lembrar que a versão do Galaxy S7 brasileiro utiliza o chipset Exynos 8890. O novo processador topo de linha da Samsung tem uma CPU de “quatro mais quatro” núcleos e uma GPU Mali-T880. Se apenas um ou dois núcleos são usados, estes serão automaticamente passados para o overclock de 2,6 GHz, que prevê tempos de carregamento mais curtos. A solução de refrigeração heatpipe pode, que nas palavras dos engenheiros da empresa se trata de um “ar-condicionado dentro do celular” é eficaz até quando pode.

É um monstro, assim posso resumir o Galaxy S7. Ele simplesmente vai rodar tudo o que existe atualmente e, pelo menos, durante os próximos 2 anos sem engasgo algum. O único ponto fraco que posso dizer é sua memória interna de apenas 32 GB, e não há previsão de chegar a versão de 64 GB ao Brasil.

Galaxy S7 – Software

A touchwiz está presente, obviamente, para terror de muitos. Mas é interessante que, em passos lentos digá-se de passagem, a Samsung está tentando limpar a interface. O Galaxy S6 já trouxe um Android mais limpo, e o S7 melhorou, pouco, mas melhorou. Porém ainda há problemas com os aplicativos com funções duplicadas de outros do Google, tomando assim muito espaço que já não é muito grande.

Sem comentários

Deixe uma resposta