A Samsung é a líder absoluta no segmento de smartphones desde 2011, mas embora ela  continua líder a empresa vem sofrendo frequentes quedas de lucros e pode estar perdendo a liderança em breve. O último caso negativo da empresa foi seu topo de linha Galaxy S5. Sinônimo de produto líder além de ser a mais bem sucedida linha de smartphones nos últimos anos, o Galaxy S5 está vendendo bem menos que o esperado. Segundo o The Wall Street Journal, as vendas do Galaxy S5 estão 40% abaixo do esperado. Lembrando que a empresa, depois de divulgar seu balanço financeiroem Outubro, viu seu lucro cair 73,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Isso significa que sua participação no mercado mundial cair de 32,5% para 23,8%.

A desculpa na empresa na época foi a forte concorrência no segmento de entrada e intermediário, que agora é dominado por empresas chinesas ou por outras famosas como a LG e a Motorola, essa última tem como seu principal trunfo o seu recordista de vendas Moto G, dominando o mercado intermediário em alguns países como no Brasil. Mas depois dessa notícia do WSJ, fica claro que as vendas no mercado high-end também estão caindo para a Samsung. Será que estamos próximos de ver a Samsung perder a liderança? Se depender dela não, já que a mesma já avisou que vai forçar mudanças no ano que vem diante desse cenário. Mas o que deve mudar?

smartphone-samsung-galaxy-s5-4g-android-4.4cam.-16mp-tela-5.1-34-super-amoled-proc.-quad-core-086772600

Embora a empresa não ter dado detalhes, nós que trabalhamos no meio sabemos que existem ao redor do mundo todo  2 motivos que pesam nos smartphones da Samsung: seus designs e sua interface proprietária. Não é que o design dos seus smartphones sejam tão ruins, o problema é a falta de criatividade e inovações. Todos as centenas de smartphones lançados anualmente pela Samsung são praticamente iguais, e isso vem cansando os usuários. O outro motivo é o TouchWiz, universalmente odiado pelos usuários do Android. Eu tenho uma teoria que o TouchWiz é o maior culpado pela má fama de lento do Android. Não que o sistema era antigamente um primor, mas como a Samsung vendia mais que todos os outros fabricantes mundiais, o TouchWiz virou sinônimo de Android que consequentemente virou sinônimo de lentidão.

Se a Samsung abandonar o TW, ou mesmo reformular ele para algo mais leve ou quase puro como faz a motorola, tenho certeza que a empresa consegue se manter na liderança, obviamente se isso for feito junto com uma repaginada nos seus aparelhos. Vale lembrar que a Samsung normalmente é a pioneira em hardware, sendo que seus principais smartphones trazem hardware sempre a frente da concorrência, mas no final oferece menos desempenho por causa do software.

Resumindo: só depende da Samsung se manter no topo. Porém não podemos esquecer que só dependia da Nokia continuar no topo, mas graças a sua teimosia de não fazer mudanças, deu no que deu. E para vocês, o que falta para a Samsung melhorar?