Semana passada fiz um artigo sobre o novo processador A6 da Apple que teoricamente seria baseado em um Cortex A15, embora a ideia seja boa, eu estava errado, assim como tantos outros blogueiros por ai. Segundo o pessoal do Anandtech, o novo processador da Apple não é nem um Cortex A9 e nem mesmo um Cortex A15, aguardada nova geração de processadores. Tratá-se de um novo processador totalmente desenvolvido pela Apple e que junta funções tanto do A9 como do A15. Com isso a Apple não precisa licenciar nada e tem maior controle sobre o chip.

Dicas estão no kit Xcode 4.5

A Apple lançou do novo iOS a Apple também liberou aos desenvolvedores o Xcode 4.5. Esse novo kit de desenvolvimento não dá mais suporte a processadores ARMv6 ISA, que foram usados nos primeiros iPhones. Ele manteve o suporte ao ARMv7 que é utilizado no iPhone 4 e 4S, sendo assim ele utiliza algo do Cortex A9. Agora a surpresa foi o suporte a arquitetura ARMv7S. Essa é a pista que há algo da arquitetura do Cortex A15 no iPhone 5, já que somente o Cortex A5, A7 e A15 suportam a extensão VFPv4 presente no ARMv7S. Como A5 e A7 são bem inferiores ao A9, fica óbvio o suporte ao Cortex A15.

Não ao Cortex A15, Sim ao desempenho de bateria

A Apple poderia então facilmente ter utilizado o Cortex A15 e não utilizou, porque? simples, a Apple como sempre quer ter o controle do seu hardware. Criando a sua própria arquitetura a empresa obteve o controle total dele. Com isso a empresa quis buscar um melhor equilíbrio entre o desempenho, que seria maior com o A15, mas ao mesmo tempo ela se preocupou do desempenho da bateria, o grande calcanhar de aquiles do smartphones hoje em dia.

O Apple A6, teoricamente, tem um melhor desempenho de duas vezes em relação ao A5 e continuar com o mesmo desempenho da bateria.

Outra saída da Apple teria sido simplesmente aumentar o clock do Cortex A5 utilizado no A5, mas obviamente isso teria aumentado o consumo de bateria.

Ainda não muitos detalhes sobre o processador A6, nem mesmo a quantidade de núcleos ainda foi revelada. Mas logo saberemos quando começarem a chegar os primeiros testes de benchmarks.

4 Comentários

  1. Com toda certeza é um puta aparelho esse Iphone 5, uma coisa boa de se comprar um produto da Apple e que você não precisa troca-lo por pelo menos 2 anos e ainda terá um aparelho atualizado e com boa qualidade.
    Coisa que não acontece com o android, onde se tem várias atualizações e etc.
    Acho que hoje o que esta valendo a pena é a linha Nexus do Google ou um Iphone mesmo

Deixe uma resposta