Muita gente especulou muito quando os rumores envolvendo o Nokia X começaram, muitos diziam que era um projeto arquivado e que a Microsoft não iria deixar. Agora, que o aparelho foi de fato lançado ontem, muita gente já tá dizendo que foi o primeiro e último e que a Microsoft não gostou nem um pouco da atitude da Nokia. Mas se analisarmos um pouco, e esquecermos as briguinhas de haters, e pensarmos que empresas só pensam em lucrar, a explicação para a Nokia lançar um Android é bem simples.

Usuários do Nokia X serão obrigados a usar serviços da Microsoft

Em primeiro lugar, vale lembrar que o Android utilizado na linha Nokia X não é um Android como estamos acostumados, é tão modificado que até o nome do sistema foi chamado de Nokia. A primeira explicação foi dita no lançamento do aparelho pelo CEO da Nokia Stephen Elop. Ele deixou bem claro que quem usar um Nokia X, de uma forma ou de outra, automaticamente vai estar usando os serviço da Microsoft, afinal tudo o que o Android tem do Google foi substituído pelos equivalentes da Microsoft.

Ele ainda disse que a nova série de smartphones da Nokia que utilizam o sistema android estimulará as pessoas a utilizarem os serviços da Microsoft, fora do ambiente smartphones, afinal tudo é integrado. A Microsoft vai estar ganhando. Notem que não é questão de opção, os usuários serão obrigados a utilizar os aplicativos da Microsoft do mesmo modo que os usuários do Android “normal” são obrigados a usarem os serviços do Google. Segundo ele, utilizando estes serviços, os usuários se afastarão cada vez mais do Google. “A linha X com o sistema Android é na realidade mais uma porta que se abriu para a Microsoft entrar ainda mais no campo da telefonia”, disse Elop.

O Nokia X é a porta de entrada para o Windows Phone

O Windows Phone está muito maduro, já é um sistema que briga de igual para igual com o Android e iOS. Mas o difícil é convencer as pessoas. Afinal, desde da época do Symbian que os usuário estão acostumados com o padrão de ícones, que tanto o Android, iOS, Blackberry OS e outros ainda usam. Já o Windows Phone tem um conceito totalmente diferente, baseados em tiles. É difícil as pessoas quererem mudar. Ai que entra o Nokia X, ele vai servir como trampolim para as pessoas se acostumarem com a interface Metro do Windows Phone, já que o Android deles foi totalmente modificado para ficar o mais parecido possível com o Windows Phone.

Nokia X

Como vai funcionar? É bem simples. As pessoas hoje vão em lojas procurar pelo Android ou pelo iPhone. Quando o vendedor fala que um Lumia, que possui um design atraente e é um Nokia, não roda Android, elas simplesmente não compram. Quando a pessoa ver o Nokia X, que se parece visualmente com os Lumias, e perguntar se roda o Android, a resposta vai ser um caloroso “sim”. Pronto, uma venda para a Nokia.

Porém, o Nokia X é bem limitado e lento, isso é de propósito. Com o tempo, o usuário vai querer mudar para melhor pois é natural. Quando ele chegar na loja e procurar algo que seja parecido com o Nokia X, no caso a interface com tiles: bingo, vai comprar um Lumia bem mais caro e que roda… Windows Phone.

Será que tem gente que ainda acha que a Microsoft e a Nokia fizeram besteira e estão brigadas?

2 Comentários

Deixe uma resposta