Um dos grandes males do Android é a politica de atualizações, os fabricantes teimam em não atualizar seus aparelhos “mais antigos” como medo de perder a venda dos mais novos. Porém há anos, os desenvolvedores da ROM CyanogenMod vem fazendo a alegria da galera ao atualizar aparelhos abandonados pelos fabricantes. Aparelhos com 2 anos de vida e com hardware “fraco” facilmente rodam o Android 4.3 graças a eles. Mas a novidade hoje fica por conta do anúncio que eles viraram uma empresa, e não é pouca coisa não. Seu CEO é Kirk Mcmaster, co-fundador de operadora Australiana Boost Mobile.

cyanogenmod10_teaser

Steve Kondik, que foi quem praticamente deu inicio ao CyanogenMod vai ocupar o cargo de chefe de tecnologia. Ele foi contratado como funcionário da empresa e garantirá o futuro técnico da mesma. Ele, assim como vários outros colaboradores, largaram seus empregos fixos – já que nunca ganharam dinheiro com a ROM – e tornaram-se funcionários da empresa, para se dedicar ao desenvolvimento da ROM.

Uma das primeiras novidades anunciadas, é que eles estão desenvolvendo um aplicativo na Play Store que será um instalador da CyanogenMod, facilitando o trabalho que hoje é mais trabalhoso e bora medo em muita gente. Creio que seja algo parecido com o app ROM Manager do ClockWork Recovery. Abaixo um print de como será o inicio do instalador.

CMInstaller_5

Mas as ambições da nova empresa não param por ai. Sabendo que eles querem competir com gente grande, eles já garantiram que fecharam contrato com uma empresa fabricante de celulares que irá lançar aparelho com a CyanogenMod nativa neles, mas não revelou quem. Isso também não seria a primeira vez, a ROM MIUI que é super usada na China e redondezas, até mais que a própria CyanogenMod, já tem acordos com empresas chinesas que fabricam aparelhos com ela.

Mas a grande pergunta que fica no ar é a seguinte: Qual será a fonte de renda deles? Tornando-se uma empresa, obviamente algo eles vão ter que monetizar, agora resta saber se vão começar a cobrar de alguma forma que usar a ROM ou vão colocar um app pago na Play Store, que creio eu não seria suficiente para mantê-los. O pessoal vai soltar as novidades no Twitter oficial deles, então novidades devem vir logo logo.

Equipe CyanogenMod
Equipe CyanogenMod

Via CyanogenModBlog

2 Comentários

  1. Até hoje nunca coloquei uma ROM CyanogenMod nos meus Androids,sempre tive medo de "bricar" os aparelhos.Mas se as coisas ficarem mais fáceis,por que não??Acho inclusive que eles deveriam mesmo cobrar pelas ROMs que eles lançam,todo trabalho deve ser remunerado.Por outro lado isso traria muita dor de cabeça as fabricantes que se valem da "obsolência" de seus aparelhos de 1-2 anos para lançarem novos modelos.Acho,por exemplo,um absurdo um aparelho como o LG G2 não ser atualizado futuramente,mas a LG tem péssima reputação nesse quesito.
    O negócio é torcer para que,mesmo que sejam atraídos por alguma grande empresa,não parem com o belo trabalho que fazem lançando ROMs para a maioria dos devices.

  2. As OEMs terao que se coçar afim de adotar uma politica transparente de atualizacoes no super fragmentado OS android , excelente para os consumidores.

Deixe uma resposta