In our online casino sushi bar and get entertainment and enthrallment. To play in the blackjack rules just login to our site. Exclusive graphics and appealing miniature of roulette table, along with earning big money are enticing features of classic slots. http://proproduct.nl/?p=play-roulette-online give huge bonuses to the players, so just try once.
Com o avanço da tecnologia muitas tendências foram ultrapassadas, sempre substituídas por tecnologias mais modernas que são mais fáceis de serem usadas e proporcionam produtos que satisfazem mais as pessoas. Isso foi o que aconteceu com as telas touchscreens. Hoje a tecnologia mas avançada usada na confecção dessas telas é a capactiva que é uma evolução da anterior, a resistiva.

 

Depois da introdução do iPhone no mercado, a Apple ditou a regra: Smartphone tem que ter uma tela touch screen. Primeiramente devemos saber quais telas equipam determinados aparelhos, as telas resistivas hoje equipam quase todos Smartphones da Nokia que rodam o sistema Symbian, exemplos: Nokia N97, 5800, 5530, 5230, N97 Mini além dos famosos “genéricos” fabricados na China. Já a capacitiva tem como o maior exemplo o iPhone, que foi o pioneiro ao usar essa tecnologia na indústria móvel.

 

Como funcionam as telas resistivas

A tela resistiva detecta a posição do tela-resisitivatoque de acordo com a junção de duas “placas” condutoras sobrepostas. Quando o usuário toca a tela, há um contato entre as duas numa determinada coordenada, sim!, coordenada, visto que utiliza-se de linhas horizontais e verticais (X,Y) para gerar um sinal elétrico de acordo a posição do toque. Não entendeu? é muito simples, você toca e dependendo de onde, o sinal gerado assumirá um valor. Mas e a tela capacitiva, como funciona?
Já a tela capacitiva possui características diferentes, pois funciona com o conceito dos capacitores.

Leia também:

Telas capacitivas

Capacitores? o que é isso? : Capacitores são componentes eletrônicos capazes de armazenar energia.

Mas isso na verdade não seria uma pilha ou bateria?

Não, visto que capacitores armazenam energia e são capazes de descarregá-las em segundos ou frações de segundos, enquanto as pilhas ou baterias descarregam em minutos ou horas. As baterias através de reações químicas geram elétrons, sem falar que todas as pilhas e baterias possuem polos (+ e -)  diferentemente dos capacitores.
Telas capacitivas funcionam com o conceito de capacitores, ou seja, armazenando energia. Ao tocar o “sensor capacitivo”, entre aspas, pois na verdade é constituído de uma retícula de micro fios laminados entre duas camadas de vidro, o conceito de capacitância é colocado em prática e a tela-capacitiva2localização do toque é calculada em função da alteração das características elétricas no sensor.

 

Recapitulando: com o toque há uma modificação nas características elétricas do sensor e temos a posição na tela, simples não ?
Este sensor pode até mesmo ser montado por traz de uma instalação de vidro de segurança de até 18 mm.
Mas como eu disse: a tecnologia avança e rápido [ Graças a teoria do bendito Moore]. E a evolução tende a  às de Ecrã Táctil.


Tela multi-táctil (multitouch)

“Um ecrã multi-táctil reconhece múltiplos pontos de interação simultâneos, frequentemente incluindo também a pressão de cada um independentemente, assim como a posição. Isso permite gestos e interação através de vários dedos ou mãos, aumentando a qualidade da utilização do ecrã, contribuindo para a manipulação direta através de gestos intuitivos. Dependendo do tamanho do ecrã, alguns dispositivos suportam mais de um utilizador no sistema simultaneamente”.

 

Como conclusão temos que a tecnologia está ai e que temos que tanto acompanhá-la como decifrá-la, ou se quizer fique para trás e seja um simples usuário.

Últimos comentários
  1. Versuri 03/08/2010
  2. Felippe 03/08/2010
  3. Leonardo 04/08/2010
  4. kLeMiLsOn 04/08/2010
  5. Ezyo Lamarca 04/08/2010
  6. Bruno César 07/08/2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Real Time Web 
Analytics