Finalmente você comprou um novo smartphone ou uma câmera poderosa e já quer sair fotografando e gravando vídeos por aí. Vai com calma! Você sabia que não é apenas a capacidade de armazenamento que define seu cartão de memória?

Dependendo do uso que fará de seu equipamento, precisará de um tipo diferente de cartão.

Até pouco tempo existiam vários formatos de cartões, mas hoje em dia, muitos deles já estão obsoletos. Outros, como o compact flash, só são encontrados em equipamentos profissionais.

Praticamente todos os dispositivos atuais usam o cartão SD, mas saiba que dentre eles existem diversos modelos. Antes de comprar o seu, avalie 4 fatores:

Capacidade de armazenamento, velocidade, classe e tamanho;

Para saber qual é seu cartão ideal, temos que ter em mente sua finalidade.

Capacidade

Nesse quesito, temos 3 tipos de cartões disponíveis:

O SD padrão, com capacidade de 2GB

SD @GB

O SD-HC, com capacidade de 4 a 32GB

SD 16GB

E o SD-XC, com capacidade de 64GB até 2TB

SD 64GB

Daí você conclui que é melhor comprar um cartão com a maior capacidade disponível, certo? Nem sempre.

Antes de comprar, verifique quais modelos seu dispositivo aceita. Não adianta comprar um SD-XC de 2TB se sua câmera ou smartphone só aceita um SD-HC de 32GB.

Mesmo que seu dispositivo aceite cartões de alta capacidade, você deve analisar o custo benefício. Se seu objetivo é colocar fotos para rodar num porta retrato digital ou ouvir música no rádio do carro, talvez um cartão SD simples de 2GB já (retirar)seja suficiente.

Velocidade

É bem comum confundir classe e velocidade, mas são coisas diferentes. Velocidade de gravação é um quesito importante quando o assunto é fotografia. Quanto maior a resolução da câmera, maior fica o arquivo de cada foto. E para tirar outra foto, é necessário esperar a câmera gravar todos os dados no cartão. Por isso, quanto maior essa velocidade, mais rápida a câmera estará pronta para outro click.

Assim, a velocidade é importante para quem usa câmeras profissionais e irá tirar várias fotos em sequência.

Classe

Diferente da velocidade, a classe de um cartão indica a velocidade mínima de gravação dos dados. Ou seja, ela só é relevante para gravação de vídeos. Um vídeo é uma gravação contínua de dados, por isso o importante aqui não é a velocidade máxima, mas sim a velocidade mínima.

Cartões da classe 1 a 3 atingem velocidades mínimas de até 3Mb/s conseguem gravar apenas vídeos na resoluções padrão. Já os cartões de classe 4 têm velocidades mínimas de 4Mb/s e são capazes de gravar imagens em HD (resolução 720p).

Para vídeos em full HD é necessário um cartão de, no mínimo, classe 6, mas o ideal mesmo é usar um de classe 10.

Já existem cartões com um novo padrão de classes, o UHS, capazes de gravar vídeos em resolução 4k.

SD UHS

Tamanho

Além de todas essas diferenças temos que escolher o tamanho físico do cartão. Os mais comuns são o SD e o MicroSD. Não existe diferença de desempenho entre os modelos. Um MicroSD pode ser usado em um slot maior com um adaptador. A principal diferença física entre os modelos é a presença da trava de segurança no cartão maior.

O MicroSD é menor, mais versátil porém é mais fácil perde-lo, então é bom ter cuidado ao optar por esse tipo. Além disso, leve sempre o adaptador junto para colocar o cartão nos leitores de computador.

Este post é uma contribuição do Buscapé para o Tekimobile. Confira reviews em vídeo no canal Buscapé.

1 Comentário

Deixe uma resposta