Vale do Anhangabáu
Vale do Anhangabáu terá WiFi gratuito

O edital da prefeitura irá contratar empresas que irão criar pontos de acessos gratuitos como praças, terminais e parques da cidade de São Paulo. Para começar, o Pateo do Collegio, o vale do Anhangabaú e a praça Roosevelt, no centro de São Paulo, estão entre as primeiras áreas públicas da cidade que terão internet sem fio.

A conexão WiFi gratuita cedida pela prefeitura irá funcionar durante 24 horas com velocidade minima de 512 Kbps para dow e up, isso por si só já fica mais rápido que a conexão de qualquer operadora em horários de pico na região central. A conexão irá “garantir” acesso inclusive a vídeos e VoIP – embora seja difícil imaginar isso com 512 Kbos.

Nessa fase inicial os usuários não precisarão se cadastrar para ter acesso, porém é provável que as empresas que ganharem a licitação implantem algum tipo de cadastro para efeito de segurança. Com isso eles irão criar meio de identificar usuários mal intencionados.

As empresas terão que garantir o funcionamento do wi-fi em 95% do tempo. No pagamento haverá um indicador que levará em conta itens como a satisfação do usuário e a estabilidade da conexão.

Vale do Anhangabáu
Vale do Anhangabaú terá WiFi gratuito

Uma das principais qualidades é a qualidade do serviço, já que iniciativas similares da prefeitura como  o wi-fi oferecido pela prefeitura nos CEUs, por exemplo, é alvo de críticas. Outro exemplo de serviço gratuito e de péssima qualidade é a iniciativa do foverno de WiFi gratuito nos aeroportos. Quem já usou sabe o quao sofrível é.

A meta é criar 42 áreas de wi-fi durante a gestão atual do prefeito Fernando Haddad (PT). Ainda não há um cronograma nem valores envolvidos. Tudo isso será divulgado em audiência pública no dia 10.

Via Folha

1 Comentário

Deixe uma resposta