blu-studio-energy-destaque

A BLU que se parece com uma empresa chinesa, mas é americana, acaba de lançar mais um celular na CES 2015, dessa vez o grande destaque – e bota grande nisso – é uma bateria de 5000 mAh que equipa o aparelho chamado BLU Studio Energy. A BLU afirma que o Studio Energy aguenta 4 dias sem chegar perto de uma tomada, esse faz inveja até a famosa linha Maxx da Motorola.

Mas a primeira coisa que vem a nossa mente em uma bateria desse tamanho, seria o trambolho que o aparelho deveria ficar de tão grosso, mas não é caso do Studio Energy. Ele tem apenas 10,4 mm de espessura. Não é tão fino quanto os topos de linha do mercado, mas é mais fino, por exemplo, do que o Moto G que tem 11mm.

blu-studio-energy-especificacoes

De resto ele possui uma tela IPS LCD de 5 polegadas com resolução de 1280×720 pixels, processador quad-core MediaTek MT6582 de 1,3 GHz, 8 GB de armazenamento (com entrada para microSD de até 64 GB) e 1 GB de RAM. A câmera traseira tem sensor de 8 MP e flash LED, enquanto a frontal possui resolução de 2 MP.

Como disse no começo, a BLU é uma espécie de empresa chinesa mas que na verdade é americana, digo isso pois o hardware dos seus smartphones se parecem muito com smartphones vendidos na China além do preço bem abaixo das “grandes” fabricantes. Mas a BLU se orgulha de montar todos os seus celulares em fábricas próprias, diferente de marcas brasileiras que compram um celular montado na China e só coloca o logo.

Lembrando que a BLU já vende oficialmente alguns modelos no Brasil, já não-oficialmente praticamente todos podem ser encontrados em lojas “alternativas” com as encontradas na 25 de Março em SP ou em Shoppings como a Galeria Pagé.

O Blu Studio Energy começa a ser vendido no final de janeiro, nos Estados Unidos, por US$ 179 na Amazon e outras redes de varejo, mesmo preço cobrado pelo Moto G. O aparelho acessa redes 3G, suporta dois chips e aguenta até 52 horas de conversação e 45 dias de standby. Os detalhes do lançamento em outros países ainda não foram anunciados.

Sem comentários

Deixe uma resposta