Real Time Analytics
Blackberry

Surgem rumores do primeiro smartphone low-end com o novo BlackBerry 10

O nova versão totalmente redesenhada do sistema BlackBerryOS parece ter agradado a muitos, e para cobrir todo esse público a BlackBerry estaria desenvolvendo uma linha de smartphones mais acessível, com teclado QWERTY e um hardware um pouco mais modesto a linha R promete agradar ainda mais os que gostaram do novo SO e não querem pagar tanto.

Conheça o novo BlackBerry Q10:

Em meados de janeiro deste ano a BlackBerry (antiga RIM) anunciou dois smartphones, um deles é o já conhecido Z10 – modelo que estrearia a nova fase de seu sistema operacional – enquanto o outro aparelho seria o BlackBerry Q10, um modelo inferior e com preço acessível. Agora, as novidades são informações e fotos vazadas do segundo aparelho, de acordo com imagens o novo Q10 teria um design simples com um acabamento confiável e a promessa de rodar o novo BlackBerry OS em uma tela relativamente pequena.

O primeiro modelo da suposta linha R da BlackBerry seria o da foto acima, chamado de BlackBerry Q10 o aparelho viria com 8GB de memória interna, bateria de 1.800 mA/h e inclusive um teclado QWERTY físico. Os modelos custariam de 299 a 399 dólares e marcariam a entrada da empresa no segmento de baixo custo em sua nova fase.

BlackBerryEmpire também recebeu uma imagem do suposto smartphone, na verdade a foto se trata de uma projeção inicial do modelo. Se as informações cedidas pelo site forem verdadeiras, teríamos um aparelho mediano e até um tanto caro. Os preços estimados para o gadget (sem contrato com operadoras) se aproximam e muito do valor cobrado por modelos mais sofisticados. Particularmente, achamos difícil o modelo emplacar. Por mais que o irmão maior tenha superado até as mais céticas expectativas, o novíssimo Q10 parece ser um brinquedo muito caro com um sistema ainda em fase de reformulação. Mas e você, gostou do novo BlackBerry?

Leiam também:  RIM mostra novos Blackberry Z10 e Q10 e loja com 70 mil apps

Via: BlackBerry OS, BlackBerry Empire

Comentários
  • Acredito no Blackberry 10 OS mais do que no Windows Phone. E quem comprou o Playbook agora, vai ter um tablet dual core razoavelmente barato (699,00) com o sistema atualizado, já que a BB vai liberar o Blackberry 10 OS para o Playbook.

    • Concordo com vc , o único desafio do BB10 é sobreviver aos ataques mediáticos dos grandes blogs de "tecnologia" americanos , eles somente apoiam OSs desenvolvidos por lá, com certeza recebendo bom patro$$nio, uma das causas da morte do symbian foram estes blogs, atualmente vejo blogs como gizmodo que antes era anti nokia já começando a babar o ovo dela devido ao medíocre do wp…vamos aguardar o desfecho..

      • Verdade. Mas a Blackberry está mais próxima da realidade americana e o Canadá faz parte do Nafta, o bloco econômico norte americano. Além disso, o Blackberry OS é mais seguro para as corporações americanas e para o Pentágono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blackberry, Nokia

Nokia e Blackberry: Renascimento das cinzas?

Nos últimos dias duas das maiores empresas de tecnologia, especificamente mobile, mostraram que estão vivas. Ambas praticamente fecharam suas portas…

Nos últimos dias duas das maiores empresas de tecnologia, especificamente mobile, mostraram que estão vivas. Ambas praticamente fecharam suas portas anos atrás, mas na CES 2017 elas ressurgem com lançamentos de smartphones que agradaram os presentes na feira. Estou falando da Nokia e da RIM, detentora da marca Blackberry. Depois de anos no ostracismo, confiram o que elas mostraram. Mas antes, vamos há um pouco de história.

Nokia e Blackberry, o que aconteceu com elas?

Ambas possuem bastante similaridades. Tanto a Nokia como a RIM foram empresas que marcaram épocas e mostraram tecnologias que ninguém mostrara até então. Praticamente fecharam, e agora voltam sobre tutela de outras empresas.

Basicamente falando, a Nokia foi a maior empresa de celulares durante muito anos entre as décadas de 90 e 2000. Ela praticamente inventou o que conhecemos como celular atualmente. Já a RIM, foi pioneira ao unir tela e teclados completos, conhecido como QUERTY. Até então, os celulares (da Nokia inclusive) tinham apenas os números que apertando repetidamente viravam letras. Ela também criou o seu inédito serviço de e-mail, que graças a sua segurança até hoje é o preferido em grandes corporações.

Mas o problema é que elas foram engolidas por 2 furacões e não foram capazes de se reinventar. Primeiro a Apple que simplesmente aposentou os teclados físicos e trouxe um conceito totalmente inédito e mais intuitivo de como usar um celular. Depois o Android, que uniu o melhor da Apple em uma plataforma aberta e mais acessível.

Nokia logo

Esses fatos fizeram que com as duas famosas marcas praticamente sumissem do mercado. No caso da Nokia, depois de quedas de vendas, teve uma malsucedida venda da divisão mobile para a Microsoft que não aproveitou o know-how da finlandesa. Depois disso, passado o período contratual que a Nokia não podia vender smartphones, ela anunciou sua volta esse ano, em 2017. Dessa vez sobre o comando da HMD Global, uma outra empresa finlandesa formada por antigos funcionários da própria Nokia.

Leiam também:  BlackBerry 10 trará inovações na câmera

Blackberry logo

No caso da RIM, as vendas foram minguando, minguando, até se tornarem residuais. A RIM anunciou sua saída do mercado no ano passado. Meses depois, a marca Blackberry (não a RIM) foi vendida para a TCL, super grupo dono de várias marcas, inclusive a Alcatel, quarta maior no Brasil em número de vendas. Assim a TCL anunciou que iria fabricar, vender e oferecer suporte ao usuário para dispositivos móveis da marca BlackBerry.

Nokia e Blackberry: o ressurgimento

Ambas mostraram os primeiros aparelhos, durante o Mobile World Congress (MWC), principal evento do mundo da mobilidade, em Barcelona, na Espanha, que aconteceu durante a semana passada.

Blackberry KEYone (Mercury)

Assim como a RIM já havia feito nos seus últimos lançamentos, a TCL anunciou um smartphone rodando o sistema Android. É o Blackberry KEYone. O que trás de diferente? Duas marcas registradas da Blackberry: um sistema seguro  e um teclado físico QWERTY.

blackberry keyone

O novo Blackberry será fabricado no Brasil a partir de setembro. O KEYone utiliza um software de segurança e privacidade desenvolvido pela BlackBerry Limited. Essa foi a parte que restou da Blackberry após o fechamento da divisão de smartphones da RIM e foi o que a TCL comprou: uma empresa desenvolvedora de software.

Abaixo uma lista de especificações do Blackberry KEYone.

  • Tela de 4,5 polegadas com resolução Full HD (1620 x 1080) e proporção 4:3
  • Chipset Snapdragon 625 com oito núcleos de processamento
  • GPU Adreno 506
  • 3 GB de RAM
  • 32 GB de espaço para o armazenamento interno, expansível via cartão microSD
  • Câmera principal de 12 megapixels com sensor Sony IMX378 (mesmo do Google Pixel) e abertura f/2.0
  • Câmera frontal de 8 megapixels
  • Teclado físico com tecnologia de toque capacitivo para swipe
  • Leitor de impressões digitais
  • Dimensões de 149.3 x 72.5 x 9.4 mm
  • Peso de 180 gramas
  • Bateria de 3.505 mAh com tecnologia Quick Charge 3.0
  • Sistema operacional Android 7.1 Nougat com customização própria da BlackBerry
Leiam também:  BlackBerry 10 aparece em slides de anúncios

No Brasil, a previsão de chegada é setembro, produzido pela Alcatel, que mantém uma fábrica em Manaus. Segundo a própria TCL, representada pela Alcatel no Brasil, o foco do Blackberry será o mercado corporativo.

Ele não deve custar barato. Uma loja na Índia já o colocou a venda. Por lá o dispositivo na versão preta já é vendido pelo equivalente a US$ 599 (~R$ 1,9 mil, sem acréscimo de impostos). Um detalhe que não pode passar desapercebido é que a Alcatel usou o mesmo sensor de câmera usado no Google Pixel, famoso pela qualidade de suas fotos.

Nokia 3, Nokia 5 e Nokia 6 e o Nokia 3310

Já comentamos um pouco sobre os lançamentos da Nokia na MWC. Foram 3 smartphones: o Nokia 3, Nokia 5 e Nokia 6. Esse último não foi exatamente novo, já que ele é comercializado desde Janeiro na China.

nokia 3 nokia 5 nokia 6

No link acima há todas informações sobre. Mas o que mais chamou a atenção na feira não foi eles, que basicamente rodam Android, possui processadores intermediário iguais a maioria da concorrência. Para marcar sua volta, a Nokia resolveu lançar uma releitura de um dos mais icônicos celular: O Nokia 3310. Esse ficou famoso por ser “indestrutível” há 17 anos atrás.

nokia 3310

Ele irá chegar no Brasil até meados deste ano por aproximadamente R$ 160. Será uma boa opção para os saudosistas. Já que para o uso nem tanto.

Como na sua versão anterior, ele é bem limitado e conta com um navegador de internet compatível apenas com redes 2G. Além do Nokia 3310, a empresa mostrou três outros modelos mais modernos, que acabaram ficando em segundo plano.

Leiam também:  Lista com aplicativos brasileiros compatíveis com o BlackBerry 10

A Nokia já afirmou que, por ora, não pretende atacar o mercado de tops de linha. O foco agora é o mercado intermediário, o maior do mundo atualmente.

Na minha opinião, nenhuma das duas irão voltar com o mesmo brilho de outrora. São duas empresas de nicho no momento: empresarial, no caso da Blackberry, e de intermediários, no caso da Nokia. Agora, quanto ao futuro, tudo vai depender de como elas se sairão nos seus nichos. Eu aposto alto na Nokia, e vocês?

materia completa
Android, Blackberry

Blackberry com Android e teclado fisico aparece em imagem

Pode parecer nostálgico, mas há quem sente muita falta dos famosos teclados fisícos QWERTY, eu sou um desses. Até guardo…

Pode parecer nostálgico, mas há quem sente muita falta dos famosos teclados fisícos QWERTY, eu sou um desses. Até guardo com carinho meu Motorola Milestone. Mas quem sempre reclama da ausência deles são os ex-usuários dos smartphones Blackberry da RIM, já que o teclado era seu grande diferencial. Para alegria desses, parece que o smartphone Blackberry com tela enorme e teclado deslizante é real. O @evleaks divulgou uma foto do suposto aparelho.

Seria muito interessante ver uma empresa como a RIM ressurgir das cinzas no mercado de smartphones (também aguardo ansiosamente a Nokia). Depois da empresa lançar bons smartphones, como o Z10, que aceitam aplicativos Android, agora ela parece que vai abraçar de vez o robozinho e lançar um smartphone rodando o sistema. O BlackBerry Venice será o primeiro smartphone da empresa com o sistema operacional do Google.

A foto mostra um smartphone bonito e muito bem acabado, característica da empresa. Além disso, este suposto Venice tem a tela curvada nas laterais mais ou menos como o Samsung Galaxy S6 Edge. Na foto da para perceber que se trata de um corpo único e maciço, estilo iPhone.

Mas vamos com calma, tudo ainda é um rumor, e, até que a BlackBerry venha a anunciá-lo oficialmente, ele não existe. De qualquer forma, até que seria interessante ver o retorno dos teclados físicos aos smartphones.

Leiam também:  Microsoft profetiza: Blackberry e iPhone irão morrer
materia completa
Blackberry

Ela ainda está viva, Blackberry lança seu novo “Blackberry Z30”

Empresa mostra o novo Blackberry Z30 que conta com processador Quad-core e tela de 5 polegadas com resolução HD. Como diferencial possui alto falantes estéreos.

Mesmo em declarada crise financeira e estando à venda, a Blackberry não para de lançar celulares. Ele mostrou ontem o novo smartphone Blackberry Z30. O novo modelo traz um processador quad-core de 1,7 GHz e traz o diferencial de ter alto falantes estéreos. Além disso vem com uma tela de 5 polegadas  que utiliza a tecnologia Super AMOLED e tem resolução HD de 720 x 1280 pixels. A RIM também foi generosa com a bateria do aparelho, ela tem 2880 mAh e segundo a empresa, possibilita ter até 25h de uso.

z30

“O novo smartphone BlackBerry Z30 oferece importantes recursos como o BlackBerry Hub, que centraliza todas as conversas e notificações, teclado virtual excepcional e navegador líder de mercado”, disse Carlo Chiarello, vice-presidente executivo da divisão de Produtos na BlackBerry. O smartphone BlackBerry Z30 estará disponível nas principais operadoras e revendedoras de todo o mundo. A partir da próxima semana começará a ser vendido no Reino Unido e no Oriente Médio e todas as outras regiões receberão o aparelho em breve. Os preços só serão anunciados no momento do lançamento.

Junto com o aparelho, a empresa também anunciou o novo sistema operacional BlackBerry 10.2 que será lançado na metade de outubro, sendo compatível com os aparelhos Z10, Q10 e Q5.

Leiam também:  BlackBerry lança BlackBerry Q5, smartphone QWERTY Jovem e Divertido com BlackBerry 10
materia completa
Blackberry

BlackBerry lança BlackBerry Q5, smartphone QWERTY Jovem e Divertido com BlackBerry 10

A BlackBerry anunciou o BlackBerry Q5, um novo smartphone jovem e divertido equipado com BlackBerry 10 para mercados específicos. O…

A BlackBerry anunciou o BlackBerry Q5, um novo smartphone jovem e divertido equipado com BlackBerry 10 para mercados específicos. O smartphone BlackBerry Q5 apresenta um teclado QWERTY com teclas discretas e um design jovem e elegante que transmite confiança, diversão e ousadia. Cada recurso e cada peça do BlackBerry Q5 foi criado para oferecer uma experiência rápida e prática que permite explorar, criar e compartilhar em movimento.

“É uma grande satisfação apresentar o BlackBerry Q5, o novo smartphone QWERTY da BlackBerry, um dispositivo desenvolvido para mercados específicos do mundo todo”, disse Thorsten Heins, Presidente e CEO da BlackBerry. “O BlackBerry Q5 oferece o melhor de tudo, com a funcionalidade revolucionária da BlackBerry 10 e um teclado QWERTY físico. O dispositivo foi criado para jovens que são apaixonados, confiantes e ousados, que desejam se divertir, criar, compartilhar e se manter conectados”.

BlackBerry-Q5-Colors

Parte da plataforma BlackBerry 10, o smartphone BlackBerry Q5 oferece uma experiência de computação móvel única e poderosa que está sempre se adaptando às suas necessidades. Os recursos e aplicativos operam em conjunto, transformando tudo que você quer fazer com o BlackBerry Q5 em um fluxo integrado de tarefas. Destaques do BlackBerry Q5:

A evolução do clássico Teclado BlackBerry

O BlackBerry Q5 apresenta um clássico Teclado BlackBerry com teclas discretas. O teclado foi criado e projetado com elegância para garantir uma digitação rápida, precisa e com o menor esforço possível. Além disso, os atalhos de Ação Instantânea podem ser configurados para desempenhar tarefas com mais rapidez enquanto você digita. O BlackBerry Q5 oferece o melhor dos dois mundos: um teclado QWERTY clássico para comunicações otimizadas, e uma tela de toque de 3.1″ para todas as outras atividades.

Criando a foto perfeita com o modo Time Shift e o Story Maker da BlackBerry

Você pode criar a foto perfeita com o modo Time Shift da BlackBerry®, e depois criar e compartilhar sua história, usando o BlackBerry® Story Maker para criar filmes com suas fotos, vídeos e músicas.

Leiam também:  Lista com aplicativos brasileiros compatíveis com o BlackBerry 10

Visualizando e compartilhando com o BBM Vídeo e Screen Share

Transforma seu bate-papo BBM™ (BlackBerry® Messenger) em uma conversa de vídeo BBM instantaneamente para conversar cara a cara. Você pode até compartilhar a sua tela, seja uma foto, uma página do navegador, uma ideia ou a imagem da sua câmera.*

O BlackBerry Hub, mantendo contato com as informações mais importantes

Com o BlackBerry® Hub, você pode acessar todas as suas mensagens e conversas sociais com apenas um gesto. Você não precisa parar o que está fazendo. Simplesmente acesse o BlackBerry Hub de qualquer lugar com apenas um gesto para entrar e sair das suas mensagens e conversas com facilidade.

A BlackBerry World oferece um ecossistema de aplicativos e conteúdo rico e atraente

Descobrir e compartilhar aplicativos e conteúdo é ainda mais fácil com recomendações baseadas em compras semelhantes e acesso a mais de 10 mil aplicativos através da loja BlackBerry® World™.

Preço e Disponibilidade

O novo smartphone BlackBerry Q5 será lançado em mercados específicos da Europa, Oriente Médio, África, Ásia (incluindo a região da Ásia Pacífica) e América Latina, a partir de julho.

materia completa