A gameloft anunciou hoje o aguardado jogo Asphalt 8: AIRBONE, a série é uma das mais famosas no mundo móvel.  O jogo é uma mistuta de freemium com um jogo pago tradicional. Ele custa cerca de 2 Reais, porém é possível (não obrigatório) comprar pacotes com atualizações por microtransações. O jogo vem para disputar um genêro atualmente dominado pelo game Real Racing 3, que foi muito criticado depois das últimas atualizações onde se tornou um freemium bem caro. Durante nosso testes deu para perceber que é possível avançar no jogo sem gastar com essas atualizações. Ponto para Gameloft.

O jogo é bem completo, um dos mais completos da categoria para falar a verdade. Ao todo, há 180 eventos e 47 carros, inclusive de montadoras famosas como Ferrari, Lamborghini, Mercedes entre outras. Porém, para quem gosta do estilo “simulador” encontrado no Real racing da EA Sports, saiba que o Asphalt mostrou mais ainda nessa versão que ele é totalmente diferente. O que vale aqui é velocidade sem se preocupar com a realidade. Uma das novidades encontradas no jogo são as acrobacias que é possível fazer ao passar por rampas. Outra novidade é a possibilidade de destruir outros carros ao empurrá-los, algo claramente inspirado no jogo Need for Speed.

A8_MultiplayerShots_05_1000

Os gráficos são bem competentes e assim como o RR3 dá para confundir facilmente como jogos de consoles atuais. O legal desse jogo é que dá para jogar e se divertir sem se preocupar muito com técnica, o jogo é relativamente fácil assim como as outras versões.

O que mais me chamou a atenção é o fato do jogo estar bem fluido no Android. Todos sabem, que diferente do iOS, os jogos da Gameloft para Android normalmente são pesadíssimos e mesmo em aparelhos tops vez por outra umas travadas acontecem. Com o Asphalt 8 isso não aconteceu.

O jogo é excelente e vai garantir horas de diversão por um preço muito justo se compararmos com outros games desse nível. Clique aqui e baixe agora para o iOS e aqui para o Android. Para Windows Phone uma versão deve chegar em breve.

Sem comentários

Deixe uma resposta