Pronto, a espera acabou. Confirmando todos os rumores recentes sobre o iPad Mini, a Apple oficializou hoje o novo tablet da empresa com 7,9 polegadas, uma clara ofensiva ao Google Nexus 7, que vem vendendo muito bem ao redor do mundo. E ele não sozinho, pois trouxe na bagagem um novo modelo de 10 polegadas deixando o iPad 3 desatualizado sete meses depois do lançamento.

O iPad mini não é comparável ao iPad 3 e o novo de quarta geração. Ele possui uma ela com a resolução do primeiro iPad de 1.024 x 768 pixels, porém como a tela é menor, com certeza a visualização é melhor pois tem uma densidade de pixels maior. O processador é o A5 de dois núcleos utilizado no iPad 2, possui uma câmera traseira de 5 megapixels que faz vídeos em full HD 1080p e a frontal é capaz de realizar vídeos em HD 720p.

Suas dimensões também são reduzidas contando com 7,2 milímetros de espessura que é 3% mais fino do que o atual iPad 3. Outra diferença frente aos irmãos maiores é que ele além de parecer mais com a dupla iPhone e iTouch, sua traseira é feita de alumínio anodizado igual ao iPhone 5.

Na parte de conexões, além das normais WiFi e 3G, ele tem suporte ao 4G, o mesmo do iPhone 5 que não funciona no Brasil. O conector utilizado foi o novo Lightning. Futuramente ele também ganhará marts covers, menores obviamente. A bateria do novo gadget da Apple promete durar as mesmas 10 horas de todos os iPads.

Ele irá custar a partir de US$ 329 (R$ 667) no modelo de 16 GB e apenas WiFi. Fazendo um comparativo com o já dito rival, Nexus 7, ele ainda custa mais caro pois o tablet do Google custa U$ 249,00.

Novo iPad de quarta geração de 10 polegadas

Falando um pouco no novo iPad, a Apple embora não tenha deixado o iPad 3 tão obsoleto assim, o novo iPad de “quarta geração” tem poucas mudanças, mas que fazem diferença, principalmente no desempenho. O processador, chamado de A6X, tem os mesmos 4 núcleos do anterior mas e mais potente e segundo a emprsa os gráficos tem o dobro de velocidade gráfica do iPad 3. Além disso ele possui conexão 4G LTE, novamente a mesma que não funciona no Brasil. Outra diferença é uma mudança no WiFi, ele agora conta com duas antenas. Por ultimo, ele também usa o conector lightning do iPhone 5 e iPad Mini.

5 Comentários

  1. Android é Lixo, não é por menos que o ipad domina 91% do mercado de tablets,só quem tem ou teve um ipad sabe doque estou falando,tenho um ipad 1,estou vendendo e com certeza vou pegar o ipad 4.

  2. Queria saber é quem vai chegar primeiro. Sou capaz de apostar que, pelo menos nesse quesito, a Apple sai ganhando, pois nunca vimos a cara do Nexus One e Nexus S.

Deixe uma resposta