O A350 ainda nem voou, aliás, nem teve o primeiro protótipo montado! O primeiro protótipo iniciou a fase final de montagem em julho deste ano e espera-se que voe pela primeira vez no meio de 2013.

O Airbus A350 é uma família de aeronaves comerciais de longo alcance, wide-body (2 corredores) em desenvolvimento pela fabricante Européia Airbus. O A350 será o primeiro Airbus com ambas estruturas, fuselagem e asas, feitas primariamente de polímero reforçado com fibra de carbono. Numa configuração de três classes, terá uma capacidade de 270 a 350 passageiros, dependendo do modelo. São previstos inicialmente 3 modelos.

Mas para que esperar para ver como será o seu cockpit? De os primeiros “passos” dentro do cockpit do Airbus A350 numa visão 360 graus publicado no site oficial do fabricante.

O projeto revisado da cabine descartou o modelo de displays adotados no A380 adotando telas de LCD de 38 centímetros (15 polegadas). A configuração de seis telas terá dois displays centrais montados um sobre o outro (o inferior acima das manetes de potência) e um único display para cada piloto, combinando as funções de PFD (Primary Flight Display, onde são mostradas as informações primárias de voo como velocidade, altitude, etc) e de ND (Navigation Display, onde são mostradas as informações sobre a navegação), alem de uma tela lateral para cada piloto. A Airbus diz que o novo cockpit permitirá que avanços na tecnologia de navegação poderão ser colocados na nova disposição de painéis no futuro, gerando mais flexibilidade e capacidade de fazer upload de um novo software e combinar dados de múltiplas fontes e sensores para gerenciamento de voo e sistemas de controle de aeronaves. O A350 XWB também contará com um HUD, head-up display, um visor ao nível da cabeça que repetira as informações do PFD.

Quem já tentou usar o seu smartphone ou tablet diretamente sob a luz solar deve ter a exata noção das dificuldades que se apresentam para fazer uma tela de LCD para aviões. Os pilotos não podem em momento algum ficar sem as informações que elas apresentam, e a dez mil metros de altura normalmente não há nuvens para ajudar a obscurecer o brilho do sol. Estes novos displays de 38 centímetros trazem toda a tradição dos displays aeronáuticos e elevam ainda mais a tecnologia. Descontadas as proporções, será que teremos um dia essa tecnologia anti-ofuscamento embarcadas em nossos gadgets?

Siga este link e faça um tour virtual pelo cockpit. Aqui você também poderá obter mais informações sobre a cabine de passageiros, performance e seus sistemas, além é claro de fotos.

Gostou da notícia? Então comenta aí!

Sem comentários

Deixe uma resposta