iPad_2

iPad_2

Em fim o iPad 2 saiu e a grande maioria dos rumores se concretizaram, até alguns considerados difíceis como uma possível saída HDMI foram confirmados. O grande destaque fica por conta do seu processador, um A5 que assim como a concorrência também é dual core. Este chip é duas vezes mais rápido e tem 9 vezes maior capacidade gráfica que o anterior, e mesmo com esse upgrade ele ainda gasta menos energia que o antecessor A4, graças a isso a vida da bateria continua prometendo as 10 horas como anteriormente, os preço continuam os mesmos, a partir de US $ 499. Como ponto fraco ficou a tela que não é de retina como esperado e continua a mesma resolução.

processador_a51

Ele agora ficou 33% mais fino que a primeira versão contando agora com apenas 8,8mm de espessura. Agora ela é mais fino que o próprio iPhone 4!.

espessura

Uma outra novidade é um Case que segundo Jobs (sim, ele estava lá)  não se trata de um case propriamente dito, mas sim uma capa, basicamente, é uma ponta magnética que protege a frente e automaticamente tira ou coloca ele em stand by quando aberta ou fechada, se parece com aqueles calendários de brinde que ganhamos de brinde de comércios no começo do anos que tem que dobrar para colocar na mesa, ele custará  US $ 39 o de plástico e 69 dólares se você optar pelo de couro.

case

Outro acessório é um conector que depois de conectado ao iPad passa a fornecer uma saída HDMI, finalmente teremos saída HDMI no iPad, porém o adaptador é comprado a parte e custará U$39 também.

O resto das novidades ficaram por conta do novo iOS 3 que traz melhorias no navegador Safari Mobile, o iMovie para o iPad, bem como FaceTime, Photo Booth além da função Hotspot chegar para ele e para o iPhone nessa versão do iOS.

Só isso? sim, embora o iPad tenha dado um bom salto em relação ao iPad 1, ele se nivelou com a concorrência com Android, porém não trouxe nada de espetacular. Mas como o próprio Jobs diz o iOS e seus aplicativos é que fazem toda a diferença.

Jobs até citou a concorrência, falando das vendas do Samsung Galaxy Tab que foi perto dos 2 milhões de unidades. Ele também comparou os aplicativos nativos para iPad que são mais de 65 mil aplicativos na App Store, enquanto o Android Honeycomb conta com apenas 100 apps.

Resumindo: em minha opinião o iPad 2 não veio para revolucionar já que ele tem o mesmo hardware que a concorrência mas isso não significa fracasso, pelo contrário, ele vai vender muito, mas muito mesmo. Quem tem um iPad 1 vai ir para o 2 e nem cogitar a compra de um tablet Android, então só esse fato já dá uma larga vantagem frente a concorrência e o fato do hardware ser igual aos Android não significa muita coisa, compartilho o que Jobs disse a respeito do seu iOS, ele faz toda a diferença e até o Honeycomb conquistar público, o iPad vai continuar sim na liderança dos tablets.

Via Engadget

8 Comentários

Deixe uma resposta