Ontem o Google anunciou várias novidades no Google I/O, mas o foco foi mesmo o Android. A empresa mostrou várias funcionalidades do novo Android, batizado por enquanto de “Android L”. Ele será a próxima atualização depois do Kitkat. Uma das principais carcaterísticas é o “Material Design” que nós já comentamos ontem a respeito. É interessante que ele trará uma grande mudança estética. A nova Android UI é bem mais moderna e flat, os ícones ficaram mais chapados e sóbrios. Na verdade me parece bem inspirados no iOS7, não as formas, mas a ideia de deixar mais chapado e sem muitas sombras.

Veja abaixo as 10 principais características que virão na próxima versão do Android. 

1 – Material Design – Nova filosofia de design no Android

Conforme já foi dito, o Android está começando a sua maior transformação desde 2011 com o lançamento do Ice Cream Sandwich. O novo Android é mais plano, mais colorido e possui multi-camadas, com novos efeitos visuais ao responder aos toques. Segundo Matias Duarte, o Google se inspirou em “papel e tinta” na hora de criar o novo Android.

Através desta nova abordagem, o Android agora se comparado ao kitkat, é bem mais simplifica, com animações de transição novas e contará com camadas independentes. Isso significa que os elementos de interface do usuário do cotidiano irão assumir uma qualidade tridimensional, que está sendo processado na ordem correta com sombras em tempo real.

android L Projeto de materiais

Material Design também adaptará os elementos da interface com o que o usuário está fazendo. Durante o uso, a interface irá absorver as cores das fotografias deixando o sistema de acordo com o que o usuário está vendo. Uma mudança bem visível é o conjunto de botões virtuais que agora são simplesmente um triângulo, um círculo e um quadrado.

Vale lembrar que o Material Design vai além do Android, ele também equipará o Chrome OS e os aplicativos e serviços web do Google, esse últimos serão os que primeiro receberão as mudanças em breve.

2 – Não é apenas para o seu smartphone

Falando nesse padrão, O Android L vai trazer oficialmente o sistema do robôzinho para carros através do Auto Android, smartwatches através do Android Wear e em sua televisão através do Android TV, que a propósito foi lançado ontem. Assim como a nova linguagem de design vai permear todas as propriedades do Google, o novo Android tem como objetivo se infiltrar em mais áreas de sua vida digital.

android L Projeto Volta

3 – Projeto Volta ajuda a conservar a energia da bateria

Google tem alguns novos truques na manga para ajudar a tirar o máximo proveito da bateria do seu telefone Android L, sob a bandeira de “Projeto Volta”. O novo recurso permite que os desenvolvedores acessem o histórico da bateria para medir o impacto de atividades específicas sobre sua duração. O novo recurso permite que os devs agendem tarefas para otimizar o consumo de energia em aplicações – por exemplo, colocar em filas atividades de rede “não urgentes” para acordar o dispositivo com menos frequência. Ele também pode ser usado para agendar tarefas que consomem muita bateria, como baixar as atualizações para quando um telefone está plugado no carregador.

Em cima disso, o Android L adiciona um novo modo de economia de bateria que pode ser usado para diminuir o consumo da CPU, limitar a taxa de atualizações da tela e reduzir os dados em segundo plano. Vale ressaltar que isso não se trata de uma novidade, fabricantes já fazem isso há algum tempo em suas interfaces proprietárias, a questão é que nunca houve nada parecido no Android Stock. Isso explica porque, em muitos casos, as ROM originais consomem menos bateria que o Android puro. Roms modificadas como a CyanogenMos e a MIUI também tem seus próprios modos de economia semelhantes.

android L Desbloqueio Pessoal

4 – trava de segurança mais simples e “kill switch”

No Android L, Google estreia um novo recurso chamado “Personal Unlocking” que visa ajudar os usuários a manter seus telefones seguros, mas sem sobrecarregá-los com senhas e outras opções. O Personal Unlocking permite que você defina um local específico em que o telefone sabe que é seguro para desbloquear sem um PIN ou, um lugar menos seguro onde um outro tipo de bloqueio seja mais indicado. Também será possível desbloquear o smartphone automaticamente quando pareado com determinado acessório bluetooth, função copiada da Motorola.

Conforme alguns rumores recentes, o Android L também irá implementar o “kill switch” que irá desbloquear e inutilizar aparelhos roubados, característica já presente no iOS 8.

android L Notificações

5 – Notificações em toda parte!

No Android L, as notificações irão se expandir para além da barra de notificações e se infiltrar em outras áreas da interface do usuário. Elas agora podem ser exibidos na tela de bloqueio e há também um novo tipo de notificação, apelidado de “heads-up”, essas poderão ser apresentadas por cima de seu apps. Depois, passar para baixo para revelar a lista completa de notificações, você pode tocar duas vezes em um deles para iniciar o aplicativo relacionado ou enxugar a demitir.

Heads-up notificações podem aparecer em mais de uma parte da tela para que você saiba o que está acontecendo, sem interromper o aplicativo que você está usando no momento. Vale lembrar que isso também não é exatamente uma novidade. Algo semelhante já acontece nos smartphones da LG rodando o Kitkat e mais ainda na UI do LG G3.

android L Android e Chrome OS

6 – Android L é o melhor amigo do Chromebook

Embora não tenham emplacado no Brasil, os Chromebooks são sucessos de vendas nos EUA. Para melhorar a utilização dos usuários, o Android L terá uma estreita integração com o Chrome OS.

Semelhante ao novo recurso de desbloqueio pessoal do Android, o Chromebook será capaz de dizer se o seu telefone está perto e automaticamente conectar ao smartphone e espelhar ele na tela do laptop. Ele também irá mostrar no Chromebook as mensagens de chamadas, de texto e nível de bateria no laptop. A motorola já faz algo parecido com o Moto X e cia.

Ah, e se isso não fosse suficiente, o Google está introduzindo a capacidade de executar aplicativos Android no Chrome OS. Já são confirmados aplicativos como o Evernote, Flipboard e Vine.

 

android L Google I / O

7 – Sai Dalvik e entra, definitivamete, o ART

O runtime padrão do Android atualmente é o Dalvik, porém com a chegada do Kitkat já era possível utilizar na linha nexus o runtime ART. Ele é mais rápido do que o antigo compilador Dalvik, graças ao seu uso mais eficiente de memória e tempo de compilação, ele chega a ser duas vezes mais rápido que, além que facilita que o Android funcione em várias plataformas diferentes, tanto ARM como x86 da Intel.

Além do mais, o ART é totalmente compatível com 64 bits, o que significa que vai ser capaz de tirar o máximo proveito de processadores de 64 bits emergentes no final deste ano e no início de 2015.

android L Material Projeto UI para web móvel

8 – Um novo Chrome com experiência mais fácil guia de comutação

O novo Google Chrome móvel está mais esperto do que nunca. Agora, o aplicativo acompanha o visual e as funcionalidades do Android. Uma das melhores coisas é a forma de interação, que é baseada em animações que dão uma sensação de localização. Quando o usuário está navegando no browser, a mesma experiência de multitarefa pode ser presenciada.

android L Android para Trabalho incorpora Knox segurança da Samsung para manter os dados seguros

9 – É a melhor versão do Android para a empresa

Em um anúncio surpresa no Google I / O, o Google revelou que a Samsung havia contribuído com seu software Knox para a base de código do Android, e da parceria saiu o “Android no trabalho”. O “Android no trabalho” permite que os usuários da empresa mantenham aplicativos corporativos separados das coisas pessoais no celular. Teria uma camada extra de segurança para os dados da empresa e também maior privacidade para o conteúdo pessoal. 

Além da Samsung, fabricantes como HTC, Sony, LG e Motorola também estão confirmadas para utilizar o “Android no trabalho”. E em outros empreendimentos ligados às empresas, o Google também revelou que está trazendo a edição de arquivos do Office nativamente para sua suíte Google Docs.

android L Android L

10 – Está vindo mais tarde este ano, mas você pode experimentá-lo amanhã!

L Android é uma prévia do trabalho em andamento no momento, e não estamos esperando para começar a bater dispositivos como uma atualização finalizado até o final do ano, diz o Google. No entanto o Google vai lançar imagens do sistema hoje para o Nexus 5 e Nexus 7, para que os desenvolvedores e entusiastas do Android possam experimentá-lo.

Google Chet Haase descreve o Android L como “uma versão de pré-lançamento onde as coisas funcionam muito bem, mas não está pronto ainda.” Então, se você for um desenvolvedor, ou quer ser voluntário como cobaia do Google, você pode querer esperar por uma versão mais estável.

Via Androidcentral

1 Comentário

Deixe uma resposta